MasterCard faz seu primeiro investimento no mundo do Bitcoin

Barry Silbert é provavelmente o maior investidor em empresas de Bitcoin no planeta. Nesta semana ele vendeu uma bolsa de valores nos EUA, a Second Market, e agora está lançando um conglomerado dedicado exclusivamente ao Bitcoin e outras tecnologias que usam o blockchain. Entre os novos investidores, estão MasterCard, que está fazendo seu primeiro investimento formal no mundo dos bitcoins. As outras empresas são: Bain Capital Ventures, CIBC, CME Ventures, FirstMark Capital, New York Life, Novel TMT, Oak HC/FT, RRE Ventures, Solon Mack Capital e Transamerica Ventures.

Cotação de Bitcoins chega aos terminais financeiros

Criado para fazer pagamentos de uma forma tão simples quanto enviar um e-mail, o Bitcoin é uma moeda digital que já está sendo usada como meio de pagamento. De uma maneira inovadora, os Bitcoins são controlados por computadores conectados à Internet, de modo que seu processamento aconteça de forma descentralizada, sem relação com nenhuma empresa ou banco central. Aqui no Brasil, a cotação em tempo real destas moedas virtuais fica por conta da CMA, líder no segmento de sistemas de informações, análises e negociação eletrônica nos mercados globais financeiro e de commodities. Em parceria com o Mercado Bitcoin, a maior empresa de moedas digitais da América Latina, se tornou a primeira empresa a fornecer cotações em tempo real de Bitcoins.

Bitcoin Hub é criado no Rio de Janeiro

O projeto reúne curiosos e especialistas para discutir o funcionamento e o impacto das criptomoedas no mundo, dentre elas a mais famosa e precursora da tecnologia: o Bitcoin. A partir de encontros presenciais realizados no Rio de Janeiro, em especial na sede do Instituto de Tecnologia & Sociedade do Rio de Janeiro, o grupo torna pública uma conversa que surgiu há 4 anos entre os membros do ITS, que vem acompanhando o enorme debate internacional sobre o tema, e que quer agora aprofundá-lo no Brasil.