A AB Inbev usa Ethereum para revolucionar a forma como eles lidam com o marketing digital. A gigante da cerveja, responsável por 28% do mercado mundial de cervejas, lançou sua primeira campanha usando o Kiip, uma startup que foca em audiências super especializadas.

De acordo com o website, o Kiip é “uma plataforma de anúncios que usa os momentos para criar interações de usuários significativas, e gerar audiências personalizadas”. Outros clientes incluem a Coca-Cola, Campari e McDonald’s.

Em uma nota conjunta das duas empresa, o objetivo declarado é aos poucos parar com os anúncios intrusivos, e aos poucos passar toda as campanhas para o blockchain. Isso permite que os anúncios atinjam os consumidores em momentos específicos, e sejam mais relevantes para eles. “Estamos construindo uma companhia para os próximos 100 anos, e isso só pode ser feito com o rompimento de padrões tradicionais pela inovação, e colocando os consumidores no centro de tudo o que fazemos”, disse Lucas Herscovici, vice-presidente global de conexão com consumidores da AB-Inbev.

A campanha é toda desenhada usando a plataforma da Kiip, desenhada para aumentar a transparência e resolver problemas como fraude em anúncios. Ela faz isso deixando todos os dados disponíveis para os participantes da rede de anúncios mobile.

Diferentes métricas, como impressões, engajamento e preço, são registradas no Ethereum, e a AB Inbev pode verificar essas informações em tempo real. Essa abordagem reduz o tempo gasto monitorando métricas. Além disso, a cervejaria só paga por anúncios que cumpram seus critérios.

Essa é apenas mais um movimento da Inbev na direção do blockchain e das criptomoedas. Em março, eles se juntaram a um consórcio que experimenta os usos do blockchain em no ramo de logística global. O teste, realizado com a consultoria Accenture, verificou que “o blockchain pode reduzir os custos e aumentar a visibilidade da cadeia de suprimentos”.

 

 

 

Conheça o Mercado Bitcoin, maior corretora de criptomoedas da América Latina