As bolsas de criptomoedas estão obrigadas desde o dia 3 de abril a seguir as novas regras contra a lavagem de dinheiro, depois que a Austrália lança nova regulação de criptomoedas. 

De acordo com informações obtidas no website da AUSTRAC, órgão regulador australiano, “bolsas de criptomoedas devem se registrar junto às autoridades, bem como se comprometer com diversos relatórios e checagens de identidade dos usuários”.

As medidas fazem parte de um pacote proposto há algum tempo pelo governo. Depois de uma grande subida em esquemas fraudulentos na Austrália, o governo consultou a população sobre a melhor forma de coletar tributos sobre criptomoedas.

Como parte do programa, as bolsas deverão seguir 4 principais regras para operar:

  • adotar e manter programas anti-lavagem de dinheiro, bem como mitigar riscos financiamento a atividades terroristas;
  • identificar e verificar seus usuários;
  • reportar ao órgão regulador transações suspeitas ou acima de 10.000 dólares australianos;
  • manter certos registros por sete anos.

Haverá 6 meses de adaptação, durante os quais só serão possíveis punições aos que mostrarem “não estarem adotando nem mesmo passos razoáveis para a implantação dos requisitos”.

Austrália lança nova regulação de criptomoedas
5 (1 voto)