Bitcoin Hub é criado no Rio de Janeiro

BitcoinHubLogo
Será lançado em 12 de de Março de 2015, no Rio de Janeiro, o Bitcoin Hub.
O projeto reúne curiosos e especialistas para discutir o funcionamento e o impacto das criptomoedas no mundo, dentre elas a mais famosa e precursora da tecnologia: o Bitcoin.

A partir de encontros presenciais realizados no Rio de Janeiro, em especial na sede do Instituto de Tecnologia & Sociedade do Rio de Janeiro, o grupo torna pública uma conversa que surgiu há 4 anos entre os membros do ITS, que vem acompanhando o enorme debate internacional sobre o tema, e que quer agora aprofundá-lo no Brasil.

A participação no evento de lançamento é gratuita e pode ser feita em https://www.eventbrite.com/e/bitcoin-hub-its-lancamento-do-projeto-tickets-15999278272

Convidados


Ronaldo Lemos – Diretor do ITS, conselheiro da Stellar Foundation e apresentador do Navegador (GloboNews)

Gabriel Aleixo – Coordenador de projetos do ITS, idealizador do Bitcoin Hub

Marco Agner – Desenvolvedor de softwares, atuante nas áreas de Bitcoin e Segurança da Informação

Gabriel Menegale – Publicitário (em formação) com especial interesse em tecnologia, inovação, economia e investimentos e com passagem por iniciativas pró-liberdade


Debates

Os fundamentos técnicos e econômicos do Bitcoin

As perspectivas de uso das criptomoedas no mercado global

Como a tecnologia blockchain pode transformar as relações na era digital


Sobre o Hub

Bitcoin Hub

O projeto reúne curiosos e especialistas para discutir o funcionamento e o impacto das criptomoedas no mundo, dentre elas a mais famosa e precursora da tecnologia: o Bitcoin. A partir de encontros presenciais realizados no Rio de Janeiro, em especial na sede do Instituto de Tecnologia & Sociedade do Rio de Janeiro, o grupo torna pública uma conversa que surgiu há 4 anos entre os membros do ITS, que vem acompanhando o enorme debate internacional sobre o tema, e que quer agora aprofundá-lo no Brasil.

Os focos centrais das ações do projeto são a formação de uma comunidade em torno do uso e do estudo do tema e seus desdobramentos sociais, econômicos, tecnológicos e legais; a inserção do ITS e de eventuais parceiros associados ao projeto como agregadores de interessados que, isoladamente, não conseguiriam gerar o mesmo impacto; a promoção de encontros presenciais e remotos com grandes entusiastas técnicos/teóricos e players de mercado em nível mundial. Com isso, espera-se um significativo incremento no movimento global de promoção do Bitcoin, respeitando e reforçando os princípios com base nos quais ele foi lançado, como a natureza descentralizada a partir da qual vem se consolidando.

Em Março tem início nossa série de 20 encontros presenciais planejados para o ano de 2015 no Rio de Janeiro. Eles se dividirão em 10 encontros temáticos, relacionando o Bitcoin e temas afins a um tópico de interesse específico e mostrando como as criptomoedas o afetam, e 10 encontros de acompanhamento geral da tecnologia, quando se poderá discutir sobre novos negócios e avanços técnicos do protocolo,  além de um melhor entendimento a respeito de seu funcionamento e das perspectivas tecnológicas, econômicas, políticas e legais que está abrindo.

Para os que se encontram em outras regiões do país, a formação de hubs locais e independentes para discutir e acompanhar o Bitcoin será não apenas desejada como estimulada; inclusive, com a possibilidade de integração de atividades por meio de compartilhamento de contatos e canais de comunicação, streaming de nossos encontros para grupos regionais organizados, além do desenvolvimento simultâneo de campanhas e eventos de alcance nacional. Se essa é sua intenção, escreva para [email protected] e lhe ajudaremos.

A ideia será sempre mostrar que o Bitcoin não surgiu num vácuo, mas sim dentro de uma conjuntura específica cujos problemas busca resolver; e tende a ter mais sucesso nesse sentido quanto maior for o número de pessoas aptas a trabalhar com ele em suas respectivas áreas de especialização. Além disso, ao longo do ano, está programada a realização de dois eventos públicos no formato semelhante ao da Satoshi Square, a fim de gerar a aproximação entre entusiastas e pessoas alheias à existência ou ao funcionamento do Bitcoin.

O único pré-requisito para se integrar a essas e outras atividades que surgirão ao longo das reuniões é gostar de tecnologia e ter a mente aberta para as transformações que ela vem trazendo à sociedade. São bem-vindos indivíduos dos mais diferentes níveis de conhecimento técnico, áreas de atuação profissional e orientações políticas, dentre outros. Espera-se montar o grupo mais diverso possível nesses e nos demais aspectos, contando apenas com o desejo comum de um mundo mais curioso, autônomo e inovador.

Equipe

Gabriel Aleixo
Coordenador de Projetos do Instituto de Tecnologia & Sociedade do Rio de Janeiro, onde vem pesquisando e difundindo informações sobre moedas digitais, criptografia e privacidade desde 2013. Idealizador do Bitcoin Hub, acredita no potencial transformador de tecnologias abertas e voltadas a levar mais autonomia às pessoas.

Gabriel Menegale
Publicitário (em formação) com especial interesse em tecnologia, inovação, economia e investimentos. Já teve passagem por algumas iniciativas pró-liberdade. Acredita em ordem espontânea, descentralização, economia livre e responsabilidade individual. Atualmente, trabalha em uma agência de publicidade e colabora para o projeto Bitcoin Hub na área de comunicação e marketing.

Marco Agner
Desenvolvedor de Softwares, usuário de criptomoedas desde 2013 e focado em tecnologias com potencial para melhorar a realidade em que vivemos. Atualmente, atua como consultor técnico no projeto Bitcoin Hub e contractor remoto para uma empresa do ramo de soluções no uso de Bitcoin por clientes e negócios.

Saiba mais sobre o Bitcoin Hub em www.bitcoinhub.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *