O Commonwealth Bank of Australia (CBA) declarou nesta manhã (30) a utilização com sucesso do blockchain para uma transação global de alimentos – dezessete toneladas de amêndoas foram enviadas da Austrália para a Alemanha, totalmente rastreadas via blockchain.

O banco desenvolveu sua nova plataforma utilizando a tecnologia blockchain, smart contracts e a internet das coisas (IoT) a fim de aprimorar suas transações, rastreando os alimentos desde sua origem até seu destino.

A rede Ethereum foi o protocolo utilizado para o projeto. Segundo o banco, o Ethereum é o protocolo mais desenvolvido atualmente e oferece as funcionalidades necessárias para a realização das transações globais. Ademais, a plataforma final ocorrerá em um blockchain privado, a fim de garantir que apenas participantes autorizados possam acessar as informações.

Em 2016, o próprio CBA já havia realizado a primeira transação global utilizando o blockchain, juntamente com o banco americano Wells Fargo, que envolveu o envio de algodão dos Estados Unidos para a China. Segundo as avaliações da época, a utilização do blockchain aumentou a transparência entre as partes, juntamente com um nível de segurança mais alto. A plataforma distribuída reduziu os erros e conseguiu efetuar em minutos tarefas que demoravam dias.

O Diretor Administrativo de Industriais e Logística em Cobertura de Clientes, Chris Scougall, se mostrou muito satisfeito com a segunda experiência em transações da companhia utilizando blockchain.

“Nosso experimento com a plataforma de comércio global habilitado pelo blockchain deu vida à ideia de uma cadeia de suprimentos global moderna, ágil, eficiente e transparente. Acreditamos que o blockchain pode ajudar nossos parceiros a reduzir o ônus da administração em seus negócios e permitir que eles ofereçam os melhores serviços para seus clientes.”

As iniciativas não têm pretensão de cessar. De acordo com o portal ZDNet, em 2017 o banco já havia se mostrado uma das maiores frentes australianas no investimento em novas tecnologias, com investimentos de aproximadamente 1 bilhão de dólares.

Conheça o Mercado Bitcoin, maior corretora de criptomoedas da América Latina

________________________________________________________________________________________________

Thiago Gonçalves do Nascimento da Costa – Head of Research e Fundador da Blockchain Insper, estudante de economia no Insper

________________________________________________________________________________________________

Blockchain é utilizado com sucesso para transação global de alimentos
Avalie