O site da corretora CoinBr sofreu um ataque DDoS no início da tarde desta sexta-feira, dia 9, e saiu do ar. A página oficial da empresa no Facebook confirmou o incidente.

A companhia informou via rede social que o caso motivou-a trocar de data center, pois tal medida seria capaz de evitar novos ataques e garantir que a plataforma volte à sua normalidade de acesso e uso.

A mudança de data center já está sendo realizada. A CoinBr diz que a expectativa é que em até 24 horas o trabalho esteja finalizado.

Em nota, a organização afirma que durante todo o período as transações com moedas digitais realizadas na plataforma não foram afetadas, uma vez que são registradas pelo blockchain e apenas replicadas pela empresa.

A companhia também ressalta que o ataque não visou a captura de dados, mas somente derrubar as conexões sobrecarregando nossos servidores web.

O que é um ataque DDoS?

Ataque DdoS acontece quando várias requisições são criadas de uma mesma origem para um destino com o intuito de consumir os recursos alocados e impedir o sucesso de requisições verdadeiras. Ou seja: é uma boiada tentando passar por uma portinhola estreita — a portinhola estoura, o servidor cai.

Normalmente, o DoS é feito por meio de um computador que comanda o ataque. Porém, há o DDoS distribuído. “Acontece quando esse mesmo ataque é feito, mas por meio de diversas origens diferentes, sendo elas forjadas ou não, tornando difícil o bloqueio por parte da vítima. Ele pode ser feito através de botnet (malware), utilização de falhas em protocolos (NTP amplification, por exemplo) e outras formas”, explica o head de segurança da Flipside, Igor Rincon.

Uma pesquisa da Netscout Systems afirma que em 2017 foram realizados 7,5 milhões de ataques desse tipo gerando prejuízos de até US$ 100 milhões para as empresas.

Site da corretora CoinBr sai do ar após ataque DDoS
5 (2 votos)