A gigante francesa de gestão de ativos TOBAM, que administra quase US$ 9 bilhões, anunciou hoje que vai lançar o TOBAM Bitcoin Fund, um fundo de investimento alternativo não regulamentado. O projeto, primeiro do tipo no continente europeu, permitirá que investidores institucionais tenham acesso à criptomoeda.

Apesar do crescente interesse em bitcoins, as soluções atuais disponíveis para que esse tipo de investidor acesse e compreenda o ativo financeiro digital são insuficientes. Por isso, o fundo se dispõe a gerenciar possíveis hard forks ao mesmo tempo em que diminui os riscos de perda ou roubo.

A companhia se compromete a alavancar as suas capacidades de pesquisa para implementar controles totalmente integrados em sistemas de investimento direto.

De acordo com comunicado da empresa, a decisão de apostar na criptografia e no Bitcoin vem da constatação que ambos se tornarão padrões duráveis tanto no mercado financeiro quanto na economia em geral.

O fundo está disponível para investidores privados de todo o mundo.

Ascensão

Nos últimos dois meses, vimos que a aceitação e adoção do Bitcoin no meio institucional só cresceu. O anúncio da CME (Chicago Mercantile Exchange) de que lançará futuros de Bitcoin foi um dos combustíveis para que a cotação alcançasse a máxima histórica de US$ 8.260 no CoinDesk nesta quarta-feira (22/11/2017). No Mercado Bitcoin, o preço por unidade bateu R$ 29.450 nesta tarde.

Gigante francesa lança primeiro fundo mútuo de Bitcoin da Europa
5 (2 votos)