LIFE ON BITCOIN – Documentário com Bitcoin!

 

lifebtc

 

Já com data para começar (27/07/13), o experimento proposto pelo casal Austin Craig e Beccy Bingham de Proto/EUA, de viver por 90 dias utilizando apenas bitcoins será um grande documentário com o dia a dia do casal e entrevistas com empresários e entusiastas da moeda.

Como forma de apoiar e divulgar ainda mais a moeda, o casal se propõe a passar 90 dias tendo como moeda oficial (e única) o bitcoin!
O casal terá que convencer seus patrões a lhes pagar com bitcoins e daí, utilizá-la para pagar todas as suas despesas, como: aluguel, carro, comida, algum funcionário, viagens, roupas…etc… Toda essa jornada será registrada por uma grande equipe de filmagens e se tornará um documentário.

Eles montaram um vídeo para sua página do Kickstarter onde estão arrecadando doações em bitcoin (claro) para o gasto com o documentário. Também estão vendendo camisetas estampadas com a logo do projeto para arrecadar fundos.

Conheça um pouco mais sobre o projeto do casal:

“A aventura começa assim que sairmos do avião depois da nossa lua de mel. Nós vamos entregar nossos cartões de crédito, telefones celulares e dinheiro para a equipe do filme e a partir de então, pelo menos nos próximos três meses, vamos USAR SOMENTE Bitcoins. Para ver o quão longe esta experiência pode ir, nós estabelecemos algumas metas:

1. Viver em casa:

A linha de base para o nosso projeto e documentário é para as necessidades cotidianas, que deverão ser encontradas e compradas com o bitcoin. Isso inclui:
Mobiliário
Comida
Celular
Internet
Aluguel
Restaurantes
Médico
Seguro de vida
Tudo mais que seja necessário, de goma de mascar à um encanador
Se precisar de algo, só há uma maneira de comprá-lo: bitcoin.

2. Ser pago em Bitcoin:
Muitas vezes fazemos projetos freelance para uma variedade de clientes. Vamos descobrir se nossos clientes estão dispostos a pagar em bitcoin, assim como vamos pagar alguém que contratarmos com bitcoin.

3. Viagem:

Achamos que o projeto vai ficar ainda mais interessante se sairmos de casa, longe dos amigos e familiares.

Vamos tentar o seguinte:
Comprar um carro confiável, mas barato com bitcoin
Viajar pelo menos 600 milhas em cada sentido
Pagar gasolina (mesmo se tivermos de negociar com os agricultores)
Encontrar o seguro de carro
Estadia em hotéis (ou acampamento se não encontrarmos hotéis)

4. Viajar para outro país (meta de expansão)

Queremos ver o quão longe a nossa vida com bitcoin pode ir, literalmente e figurativamente. Nós vamos viajar para outro país onde há empresas suficientes e pessoas que têm demonstrado apoio à bitcoin.

5. Atravessar um oceano (meta de expansão)

Até onde podemos ir? América do Sul? Europa? Do outro lado do globo? Isso significa encontrar uma agência de viagens ou companhia aérea disposta a aceitar bitcoin, ou mesmo um jatinho ou barco privado.

Outros objetivos do documentário:

Este documentário será interligado com um pouco da história rica e intrigante em torno bitcoin.
Nossos vlogs e outros conteúdos de mídia social contará com entrevistas com personalidades importantes no mundo do bitcoin e com os céticos desta moeda digital nascente. “                                 Fonte

 

Sem dúvida esse projeto agregará muito valor à moeda e o mais importante, expandirá a aceitação da moeda no comércio mundial. Resta-nos torcer para que essa expansão chegue por aqui também!
Não deixe de divulgar o projeto e participar dele! Doe bitcoins para que o projeto seja um grande sucesso e tenha uma boa repercussão pelo mundo. Projetos como esse devem ser abraçados por toda comunidade.

Conheça mais: Site , Facebook , Youtube

Bruna de Souza

 

2 thoughts on “LIFE ON BITCOIN – Documentário com Bitcoin!

  1. Douglas Adario says:

    Esse vai entrar para história, é o tipo de notícia que fazemos refletir: “como ninguém pensou nisso antes?“

    Sucesso ao casal e que consigam fazer tudo com btc, para que esses pessimistas e desinformados que tanto falam mal da nossa moeda digital, possam ter uma ideia de quão grande e estável ela pode ser.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *