Segundo estudo realizado pela Boston College, universidade localizada no estado de Massachusetts, Estados Unidos, investir em ofertas iniciais de moedas (ICOs) pode não ser tão lucrativo quanto normalmente acreditam os investidores. A maior parte dos tokens criados vive menos de 4 meses.

No estudo, os pesquisadores descobriram que cerca de 56% dos projetos de ICOs acabam praticamente abandonados após quatro meses do lançamento. Por outro lado, 44% das ICOs analisadas ainda eram consideradas ativas após quatro meses.

Os pesquisadores conduziram o estudo analisando a atividade de tweets das contas oficiais de Twitter das empresas responsáveis pelas ICOs. Um total de 2.390 projetos foram examinados no estudo.

O estudo concluiu também que a melhor estratégia para os investidores parece ser vender os tokens que foram adquiridos em uma ICO logo no primeiro dia em que forem listados em uma exchange. Muitos novos tokens tendem a superar a maioria do mercado de criptomoedas durante os primeiros meses de negociações, antes de começarem a cair de preço.

Em maio, um estudo independente de dois acadêmicos da Carroll School of Management, da Boston College, mostrou que as ICOs estão, com freqüência, muito abaixo do preço. Em comparação com o preço do token no primeiro dia após o lançamento, os retornos são de em torno de 179% durante um período de em média de 16 dias segurando a moeda.

Em entrevista à Bloomberg, um dos pesquisadores por trás do estudo recente, anunciado em julho, o professor-assistente Leonard Kostovetsky, disse:

“As pessoas geralmente olham para os retornos e dizem que é um ótimo negócio, mas nós ensinamos em finanças que o retorno é uma compensação para o risco […] Essas são apostas em plataformas que ainda não foram construídas, que ainda não têm participantes. Há muito risco. A maioria das ICOs falham. ”

Por exemplo, uma pesquisa realizada recentemente na província de Ontário no Canadá mostrou que, se você lançar uma ICO, a maioria dos cidadãos pesquisados ​​não se importará com o seu produto, sua equipe ou se você mudar o mundo: 7 dos 10 participantes da ICO se importam mais se poderão negociar a moeda ou token oferecido.

Mais de 537 ICOs realizadas nos primeiros cinco meses de 2018 levantaram um total de 13,7 bilhões de dólares, mais do que a soma de todas as ICOs realizadas até então, a partir de 2013.

Conheça o Mercado Bitcoin, maior corretora de criptomoedas da América Latina

________________________________________________________________________________________________

Henrique Gabriel, empreendedor e entusiasta na área de ensino e criptomoedas, formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas pela Faculdade SENAC.

________________________________________________________________________________________________

Estudo: 50% dos tokens dura menos de 4 meses
5 (2 votos)