Mercado Bitcoin surpreende em seu retorno!

 

Após receber aporte de um grupo de investidores, a primeira exchange do Brasil, volta ao ar legalizada e apresentando novas medidas de segurança e trabalho. E garantem: “Muitas coisas estão por vir!”

O tão esperado retorno do Mercado Bitcoin surpreendeu a todos na madrugada desta quarta-feira, quando tornou público sua regularização como empresa registrada para intermediar as negociações com bitcoins. Sob um registro próprio para esse fim, o Mercado saí novamente na frente e confirma seu profissionalismo e credibilidade.

Seguindo o padrão de  qualquer empresa que se propõe a prestar um serviço de qualidade e oferecer garantias ao seu usuário, foi implementado Termos de Uso e de Política de Privacidade no Mercado Bitcoin, que deverão ser aceitos (ou não) em seu primeiro acesso ao site.

A conta bancária cadastrada (tanto para depósitos quanto para retiradas em reais) deverá ser da mesma titularidade do CPF ou CNPJ cadastrado. Essa medida impossibilitará qualquer tentativa de lavagem de dinheiro e outros crimes semelhantes.

Sobre as mudanças em segurança, onde o Mercado Bitcoin fez seu maior investimento, podemos destacar:

  • Limites de retiradas tanto de reais quanto de bitcoins.

Isto sem dúvida é um grande amadurecimento, pois não existe a utopia do código ou servidor perfeito. O que se consegue com limites é que, caso alguma brecha de segurança seja explorada, o dano será regrado pelos limites de saques envolvidos. Essa tem sido a prática adotada pelas maiores exchanges de bitcoins no mundo.

  • Adoção de um cold storage para armazenamento de grande parte dos bitcoins.

Na hipótese de uma invasão no servidor, os danos serão limitados aos bitcoins que estiverem na carteira on-line.

  • Contratação de uma empresa de segurança para acompanhar e até mesmo, ditar os padrões adotados pelo Mercado Bitcoin.

Proteus – empresa escolhida pelo Mercado Bitcoin, é líder no segmento em que atua. Ela atende as principais instituições financeiras do país garantindo ao Mercado Bitcoin o mesmo status de segurança.

  • Criptografia, Autenticação, Palavra de segurança, PIN e Backup.

São medidas que já eram utilizadas pelo Mercado e que foram mantidas para reforçar a segurança do usuário em suas transações.

Sobre a funcionalidade do site, observamos que o mesmo manteve o menu claro, direto e de fácil interpretação e utilização. Com explicações claras em todos os passos, os novos usuários terão facilidade em concluir suas operações.

As confirmações enviadas por email estão rápidas e precisas, como no caso do cadastro do CPF/CNPJ, o que demonstra boa integração do site.

Algumas alterações foram feitas na página inicial, mas o layout continua clean e funcional. Há agora uma breve apresentação do Mercado Bitcoin, um gráfico maior das operações realizadas e o valor atual do bitcoin no Brasil.

As taxas e os prazos também sofreram alterações, mas ainda se mantém dentro do padrão aplicável.

Outra grande novidade do Mercado Bitcoin é que agora há dois tipos de usuários! Há o usuário comum (aquele que não quer enviar sua documentação) que terá um limite menor para suas transações e o usuário VIP (aquele que enviar sua documentação) que terá um limite maior e negociável.

O amadurecimento demonstrado no site e a nova visão que a equipe adotou para o Mercado Bitcoin é evidente e sem dúvida, oportuna. O Brasil precisava ser representado profissionalmente por uma grande exchange e o Mercado se adequou a essa necessidade, garantindo que a moeda se fortaleça cada vez mais por aqui.

btc charts

Funcionalidade, integralidade, suporte de qualidade, uso de novas tecnologias, idoneidade, experiência, conhecimento técnico e profissionalismo, garantem que o Mercado Bitcoin seja hoje uma das mais bem estruturadas exchanges do mundo.

Devemos nos orgulhar de ter uma empresa que nos representa tão bem no exterior e com certeza, esperar muitas outras novidades positivas da equipe do Mercado.

Parabéns ao Mercado Bitcoin e tenho certeza que assim como eu, os seus mais de 4.000 usuários, hoje acordaram acreditando ainda mais que “O Brasil será o país do Bitcoin!”

Bruna de Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *