A queda do Tether e a subida do Bitcoin

Nas últimas 24h, o Tether caiu 4%, estando cotado a US$ 0,96. O que não seria um problema se o Tether (USDT) não tivesse o propósito de ser uma criptomoeda estável, pareada em 1 para 1 com o dólar. A existência dessas moedas estáveis é importante em um contexto de plataformas de negociação de criptomoedas que não trabalham com moedas nacionais. Com o Tether, é possível ter uma conta nessas corretoras sem estar exposto apenas ao risco das criptomoedas. Só que, com a queda, ficou mais difícil comprar Bitcoin e outras criptomoedas nessas plataformas, o que levou a um prêmio de negociação. O Bitcoin chegou a ser cotado a US$7500 na Bitfinex.

No curto prazo, parece que a queda do Tether foi um bom negócio para o mundo das criptomoedas. Contudo, no médio prazo, pode significar um grande risco para o mercado. Isso por que pode afastar temporariamente grandes instituições que estavam se preparando para entrar no mercado, como fundos de faculdades e grandes bancos. O fim do Tether deixa clara a falta de infraestrutura das criptomoedas hoje, e que talvez não seja uma boa ideia para grandes players institucionais se exporem a um mercado tão selvagem por enquanto. Contudo, no longo prazo, as perspectivas são boas.

Caso estejamos testemunhando o primeiro passo do fim do Tether, outras criptomoedas estáveis com mais legitimidade podem ganhar espaço. O Tether sempre esteve envolvido em escândalos e dúvidas. Por exemplo, nunca passou por uma auditoria completa de suas reservas em dólar, que teoricamente são o lastro de seu valor. Apesar disso, como não existiam opções melhores antes de 2018, acabou sendo adotada como criptomoeda estável padrão. Hoje temos moedas com auditoria e que procuram se aproximar do governo. Um exemplo é o True USD, que desde a queda do Tether chegou a subir 8%, sendo cotado a US$1,08. Outras competidoras incluem Gemini Dollar (GUSD) e Paxos (PAX).

Outras polêmicas do Tether

Poucos dias antes dessa queda de preço, a Tether (empresa controlada pela plataforma Bitfinex) tirou 300 milhões de tokens de circulação, colocando-os em sua carteira de reserva.

tether

No momento em que esse artigo é escrito, o Tether tem uma capitalização de mercado de US$2,431 bilhões, um desconto de quase US$100 milhões em relação ao seu patrimônio (alegado) em reserva. Também é um valor bem menor do que os US$2,9 bilhões do seu auge.

 

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close